A COMUNIDADE (La Comunidad, 2000)

comunidad

por Leandro Caraça

Um bom cozinheiro deve saber dosar os ingredientes de uma receita para que ela não desande. Poucos seriam capazes de servir uma iguaria fina como A COMUNIDADE, que mistura porções de Hitchcock e Roman Polanski, sempre temperando com generosas doses de humor negro. Sem endurecer ou perder a ternura, Álex de la Iglesia conseguiu o seu maior sucesso de público e de crítica na Espanha, além de sagrar-se o grande vencedor do Prêmio Goya de 2000. Em meio a tantos acertos, o maior deles é sem dúvida, a presença da veterana Carmen Maura como a imobiliária gaiata que acaba colocando as mãos na fortuna de um morador recluso de um velho prédio. A parte chata é que todos os moradores do lugar estão loucos para pegar o que acreditam também pertencer a eles, custe o que custar. Por um acaso eu disse todos? Porque no meio de tanta gente gananciosa surgirá um cavaleiro jedi para auxiliar Carmen Maura. Será que Álex de la Iglesia criou esse personagem como vingança da provável decepção com A Ameaça Fantasma de George Lucas? Sempre tive essa impressão. Brincadeiras à parte, A COMUNIDADE é outra bola dentro do espanhol.

4-cleef

Anúncios

One thought on “A COMUNIDADE (La Comunidad, 2000)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s