Jugular Blindada (Last Hurrah for Chivalry, 1979), John Woo

Last Hurrah for Chivalry 3

por Heráclito Maia

Dos filmes de kung fu que John Woo fez nos primeiros anos de sua carreira, Jugular Blindada é aclamado como o  melhor deles. E é interessante notar que, em alguns aspectos, antecipa o que Woo faria uma década depois em O Matador (The Killer), uma de suas principais obras-primas.

Pelas primeiras imagens, podemos jurar que se trata apenas de mais um filme rotineiro de vingança. Mas logo começam a surgir novos temas, e conceitos como amizade, honra e cobiça, entre outros, começam a falar mais alto. A ambigüidade moral também se faz presente. Dos três personagens principais, nenhum deles é um exemplo de conduta. Lau Kong faz um tipo enigmático e aparentemente covarde; Wei Pai, um dos Venons do clássico Os Cinco Venenos do Kung Fu, dirigido por Chang Cheh, de tão impetuoso e rebelde torna-se estúpido; e por fim, o terceiro, e mais interessante, interpretado por Damian Lau Chung-Yan, é um espadachim alcoólatra e mercenário.

jugular

O vilão (o grande Lee Hoi-Sang, mestre em Wing Chun na vida real e figura conhecidíssima do cinema popular de Hong Kong), mesmo sendo um monstro impiedoso e um lutador praticamente invencível, acaba sendo o responsável pelas únicas cenas cômicas do filme. Se bem que, na verdade, existem dois vilões, mas o segundo é uma surpresa, graças a uma reviravolta que ocorre na engenhosa trama…

As cenas de luta são abundantes e muito boas, cortesias do coreógrafo Fung Hak-On (que foi assistente da lenda Lau Kar Leung e que também dirigiu posteriormente alguns ótimos thrillers policiais). Ele faz uma participação importante confrontando-se com Wei Pai num combate de espadas de tirar o fôlego. Mas o que mais me chamou a atenção é o tom cada vez mais dramático e sangrento que as lutas vão tomando ao longo da projeção. Heranças do mestre Chang Cheh que o discípulo John Woo captou com perfeição. Outro grande destaque do filme fica por conta de Chin Yuet-Sang, no papel de um bizarro sujeito que luta dormindo!

Tanto pra quem curte cinema porrada, como pra quem tem interesse em se aprofundar no cinema de John Woo, Jugular Blindada é um filme indispensável!

4 cleef

11 thoughts on “Jugular Blindada (Last Hurrah for Chivalry, 1979), John Woo

  1. Heráclito, você esqueceu de citar que John Woo queria filmar uma seqüência de 100 golpes num take só nessa luta do Wei Pai contra Fung Hak On. Essa cena estava tão difícil de filmar (uma vez eles erravam no 99º golpe, outra vez no 15º, e por aí vai) que Woo desistiu de filmar tudo num take só e editou a cena, he, he, he.

    Embora coreógrafos como Yuen Woo Ping, Lau Kar Leung, Corey Yuen, Sammo Hung, Ching Siu Tung, entre outros, mereçam todo o reconhecimento que têm hoje, acho que Fung Hak On merecia também ser lembrado como um grande coreógrafo, pois nesse filme ele criou um dos melhores duelos de espadas de todos os tempos! Achei genial aquele lance de trocar a espada de mãos durante a luta.

  2. Tem razão Takeo! E se a cena já é memorável do jeito que está, imagine então se a idéia do plano-sequência tivesse dado certo, seria demais!

  3. filmes como esse ja não se faz mais. john woo estava muito inspirado ao fazer esse filme, foram várias cenas lindas de se ver ,mas o que me chamou mais atenção foi a cena onde wei pai e damian lau se unem para derrotar o penultimo lutador dentro de sua própria casa, damian lau demonstra ser o verdadeiro amigo de wei pai e depois junta-se mais uma vez com wei pai para derrotar seu último inimigo. damian lau mata e ao mesmo tempo morre para salvar seu amigo wei pai, parabéns .( congratulcion) john woo.

  4. Pra Mim é um dos melhores filmes de artes marciais e espadachim, assisti ele a uns 20 anos na band dublado,,e procuro este filme frenéticamente até hoje e não acho.

    Grato!

    Marcosbrito///

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s