Just Heroes (1989), John Woo

justheroes

por Ronald Perrone

Ainda que possua algumas esporádicas sequências eletrizantes de ação, Just Heroes é um gangster movie tratado de maneira muito mais séria que o habitual de John Woo naquele período. Não sei dizer se é este o motivo pelo qual o filme foi abandonado pela crítica, provavelmente não, mas pouco se fala sobre este trabalho do diretor (e a maior parte, textos negativos), infelizmente, porque temos aqui uma ótima oportunidade de observar Woo trabalhando seu lado dramático sem enfatizar tanto a ação.

A trama possui alguns pontos similares ao de Eleição, de Johnnie To, com John Woo voltando a sua atenção para o drama de uma “família” de mafiosos da tríade quando o chefe da organização é assassinado em um atentado e se iniciam as discussões sobre quem deve assumir o cargo. Daí surgem os temas frequentes que Woo adora trabalhar, como amizade e confiança. No elenco, alguns velhos conhecidos da Shaw Bros. marcam presença: Chen Kuan-Tai, Danny Lee e Chiang Da-Wei são os protagonistas de um triangulo mafioso muito bem trabalhado pelo roteiro escrito à quatro mãos por Hau Chi-Keung e Ni Kuang. Outros nomes presentes são o de Stephen Chow, ainda em início de carreira e Ti Lung em uma pequena participação.

justheroes_1

Obviamente, vingar-se dos responsáveis pela emboscada que acabou matando o patriarca torna-se um objetivo em determinado momento, principalmente se envolve traição, e é quando Woo retorna ao seu espírito normal e deixa seu lado “mestre de ação” falar mais alto. A sequência final é de tirar o fôlego e não faz feio perante aos melhores tiroteios que Woo filmou em outros filmes mais aclamados. É nesta cena que o diretor faz uma auto referência com bastante humor ao colocar um personagem no meio da ação imitando o Mark de Chow Yun-Fat em A Better Tomorrow, escondendo pistolas dentro de vasos de plantas no meio do tiroteio.

Com produção de Tsui Hark, Just Heroes acaba apagado devido às obras primas que John Woo realizou ao longo da carreira, mas já demonstra um diretor totalmente maduro, ciente de seus atos.

3 cleef e meio

Anúncios

3 thoughts on “Just Heroes (1989), John Woo

  1. Deve ser o primeiro texto a favor do filme que leio. Bom saber que existe a possibilidade de assistí-lo e realmente gostar dele, minha curiosidade com o filme voltou. Mas devo discordar sobre a falta de seriedade em Woo com relação ao seu retrato do Gangsteres em outros filmes.

  2. Não é que falte seriedade com os gangsters em outros filmes, mas aqui ele leva mais a sério que o habitual.

  3. Sempre há seriedade sobre o Gangster nos filmes de Woo, uma emblemática marca de seu antigo estilo de filmar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s