A BESTA DA CAVERNA ASSOMBRADA (Beast from Haunted Cave, 1959), Monte Hellman

por Cesar Alcázar

Em meio à sua “fábrica de filmes B” durante as décadas de 1950, 1960 e 1970, Roger Corman descobriu e lançou no mercado um grupo de jovens talentos que viriam a participar de grandes momentos da história do Cinema. Um destes talentos foi Monte Hellman, que apesar de não gozar da popularidade comercial de outros discípulos de Corman como Francis Ford Coppola e Jonathan Demme, foi criador de uma belíssima filmografia, que tem entre seus títulos obras primas como Corrida sem fim (Two-lane blacktop – 1971) e Cockfighter (1974). Sua estréia na direção se deu em 1959 com A Besta da Caverna Assombrada. Hellman usa toda sua criatividade para transformar um pequeno filme de Horror em uma das mais originais produções do período.

O roteiro de Charles B. Griffith conta a história de um grupo de assaltantes, liderados pelo violento Ward (Frank Wolff), que planeja roubar um carregamento de barras de ouro depositado no pequeno banco da cidade turística de Deadwood, Dakota do Sul. Eles usam uma explosão em uma caverna como distração para o assalto e, logo depois, obrigam o instrutor de esqui Gil Jackson (Michael Forest) a guiá-los através da floresta coberta de neve até o estado vizinho. A explosão na caverna acaba libertando uma criatura monstruosa que sai à caça dos criminosos, isolados por uma nevasca.

Hellman e Griffith renovam a fórmula dos filmes de monstro, pois a trama se desenvolve a princípio como um típico thriller policial, mostrando a preparação do assalto, a tensão entre os bandidos e a fuga do local do crime, para apenas introduzir os elementos de Horror mais tarde, na etapa final da história. Algo como o que Quentin Tarantino e Robert Rodriguez realizaram em tempos mais recentes no filme Um Drink no Inferno (From Dusk till Dawn – 1996), que também proporciona ao espectador a mudança drástica do gênero Policial para o Horror.

Destaque absoluto no elenco, Frank Wolff atua como o sádico líder do bando, já demonstrando imenso talento para a vilania em um de seus primeiros trabalhos. Mais tarde, ele viria a exercitar bastante essa característica em diversos Spaghetti Westerns como Deus perdoa, eu não! (Dio perdona, io no! – 1967), onde interpreta um vilão antológico. Outro ator do elenco que se aventurou pelo Western italiano (mas sem o mesmo brilho) foi Michael Forest, sempre atuando como heróis insossos, como é o caso de seu Gil Jackson. Talvez ele seja mais lembrado como coadjuvante de Rachel Welch e Burt Reynolds em 100 Rifles (1968).

A besta da caverna assombrada apresentou ao mundo o talento de Monte Hellman e mantém-se como um destaque entre os filmes do mesmo período por sua criatividade e situações originais. Está disponível em DVD no Brasil dividindo o disco com o também recomendado O cérebro que não queria morrer (The brain that wouldn’t die – 1962).

2 thoughts on “A BESTA DA CAVERNA ASSOMBRADA (Beast from Haunted Cave, 1959), Monte Hellman

  1. “imenso talento para a vilania” – já dizia nosso amigo Hitchcock: em geral, quanto melhor o vilão, melhor o filme.

    Não sabia que o filme existia em DVD no Brasil.

  2. Ótimo texto, César.
    Até uma das seqüências-meio q só em nome- daquele filme tenebroso sobre o Papi Noel Assassino que o Monte realizou, é bem dirigido.
    O Michael Forest tbm dava aula-de Direção de Atores na Columbia College quando estudei lá…tive pouquíssimo contato com ele, mas pareceu-me ser MUITO gente fina (me recordo de um amigo cubano apontando para ele no corredor da escola e me dizendo “look, It´s Adonis from Star Trek!!!” (eu, como nunca fui fã da clássica série de tv-apesar de ADORAR os longas feitos com a tripulação original-, não entendi o comentário); Sabia q o Michael é quem interpreta o cara que transa até a morte com a Madonna naquele Erotic Thriller q ela fez com o alemão Urich Edel?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s