La Cravate (1957, curta), Alejandro Jodorowsky

la_cravate

O chileno Alejandro Jodorowsky é um sujeito multifuncional: artista plástico, escritor (de teatro, livros, quadrinhos), ator, mímico, especialista em tarô, psicoterapeuta e, nos momentos de folga, diretor e roteirista de cinema. Seu trabalho inicial com a sétima arte rendeu este curta metragem de 20 minutos de duração.

Durante 50 anos, La Cravate ficou desaparecido e só foi encontra do em 2007, num velho sótão na Alemanha! Baseado numa estória de Thomas Mann, o filme narra o conflito de um jovem, interpretado pelo próprio diretor, que deseja conquistar uma moça e compra no mercado de cabeças uma flor roxa para presenteá-la. Ignorado pela amada, percebe que o problema está no detalhe que fica acima de seu pescoço, então decide voltar ao mercado para trocar sua cabeça por uma que agrade a donzela.

Filmado em cenários teatrais na França e sem diálogos, La Cravate é inspirado na arte da pantomima e no movimento surrealista, mas mesmo que este último elemento acompanhe toda a carreira do diretor, o curta destoa completamente de seus filmes seguintes, muito mais carregados de simbolismos e bastante viscerais. Vale como uma agradável curiosidade.

3

Ronald Perrone

Anúncios

Mirindas Asesinas (1991, curta), Álex de la Iglesia

Mirindas 3

Este foi o primeiro trabalho cinematográfico de Álex de la Iglesia e também o início de uma produtiva parceria com o roteirista Jorge Guerricaechevarría, que trabalharia posteriormente com o diretor em todos seus filmes.

Trata-se de um curta metragem que possui aproximadamente uns 10 minutos, onde já vemos as principais características da dupla e também o potencial a ser explorado por Álex de la Iglesia e suas futuras produções.

Mirindas 1

O enredo se baseia e um estranho que chega a um bar e pede uma mirinda, ao ser cobrado pelo refrigerante, enlouquece e desperta o serial killer que vive dentro dele.

Tudo é bem simples, a fotografia é em preto e branco e lembra os filmes de horror dos anos 60. Temos uma boa mescla de suspense, humor negro e muita insanidade. Álex de la Iglesia faz um ótimo trabalho com os ângulos de câmeras, edição e trilha sonora.

Mirindas 2

Mirindas Asesinas é uma verdadeira mistura de horror, comédia e suspense, tudo muito selvagem e debochado. Como estréia cinematográfica é um ótimo trabalho, mesmo sendo bem cru. Vale a pena conferir.

4

Otávio Pereira